Um caminho de novas possibilidades

Iniciaremos essa pequena série de artigos, contando uma história sobre os antigos mapas, um exemplo utilizado nas ciências humanas.

Na antiguidade, o mundo navegável era desconhecido em sua totalidade e as embarcações saiam e voltavam dos portos com histórias sobre monstros dos oceanos, que devoravam navios e marujos. O desconhecido manifestava-se no imaginário de modo a se criar lendas. Havia um impacto nas relações entre os marujos e, a cada viagem, eram realizados acréscimos de novas e aterradoras histórias, desenhadas nas produções da cartografia da época.

Todavia, ao longo dos séculos, o mapeamento realizado por aqueles que avançavam no desconhecido fez com que a criação de monstros permanecesse recolhida à memória histórica das navegações. Não tinha mais o condão de temeridade. Dentre as inúmeras conclusões
possíveis, escolhemos duas. A primeira quanto ao desconhecido que ativa a imaginação e pode criar monstros e, até que se consiga estabelecer um contato com a realidade, o temor passa a frequentar o cotidiano das pessoas, causando sofrimento. A segunda se refere ao planejamento
do cotidiano, como os exploradores o fizeram nas navegações e isso os tornou capazes de transformar problemas em desafios.


Dr. João Palma Filho
Psicólogo – CRP 146.528

Total Page Visits: 102 - Today Page Visits: 2
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?