A figura da mãe dentro do sistema familiar

Falar sobre mãe pode ser aparentemente fácil, mas ao realizar uma reflexão um pouco mais profunda sobre a sua figura dentro do sistema familiar, é possível perceber o quanto o ser mãe e o seu existir vêm influenciar nos processos de desenvolvimento do homem.
Mãe é aquela pessoa forte dentro do lar, que consegue administrar a todos e a tudo. Em muitas famílias, torna-se o ponto de referência.

No mês de maio, toda sociedade se volta para a comemoração da vida de todas as mães, o que também é utilizado para contribuir com o crescimento da economia devido ao grande convite ao consumo. Em alguns casos, é possível encontrar pessoas que não tiveram a oportunidade de conhecer suas genitoras, outras que conhecem, mas infelizmente possuem um relacionamento prejudicado por diversos fatores.

Diante de algumas situações, não é fácil falar sobre acolhimento e bom relacionamento com a genitora quando aquela que trouxe ao mundo uma vida, devido às escolhas relacionadas às circunstâncias da vida, não permanece presente e não se torna referência para seu filho, optando por seguir outro caminho.

Perante esse fato, é possível dentro de um acompanhamento terapêutico o constante exercício de ressignificação: tomar, acolher e aceitar a figura da mãe como um dos pilares de uma construção, até mesmo frente a difícil tarefa do reconhecimento e da aceitação plena daquilo que ela representa e de como ela é em sua essência.

Esse é um dos passos mais difíceis que existem para liberdade existencial, a aceitação incondicional do outro que se inicia dentro do sistema familiar, para dessa maneira seguir a vida de forma leve e sem bagagens pesadas.

Ligia Guilhermina da Silva
Psicóloga no HEFC
CRP 06/125146
Matéria publicada no jornal Fala Regional

Total Page Visits: 474 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?