A pedra no caminho

“No meio do caminho tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho.”

(Carlos Drummond de Andrade)


Sempre há pedras no meio de qualquer caminho, a diferença está na forma como administramos essas pedras.

Podemos observar tipos diferentes de reação quando se topa uma pedra no meio do caminho:

Há quem pare para amaldiçoar a pedra e fique sentado à beira do caminho ou, até mesmo, volte ao começo do caminho, mas há quem aproveite a topada para dar uma corridinha, disfarçar a topada, agilizar a caminhada.

Conta-se que Dom Bosco, quando andava pelas ruas pedindo contribuições para a construção de sua igreja, um gozador resolveu encher a mão de pedrinhas e ofertar no lugar das moedas.

Dom Bosco agradeceu: “Deus lhe pague, a igreja também precisa de pedras.”

O que você faz com as pedras que encontra pelo seu caminho? Um alicerce para sua estrutura, um altar para sua devoção, um muro para sua proteção? Ou, deixa no meio do caminho para atrapalhar os outros que por ali passarão?

Dr. Pedro Santo Rossi
www.psirossi.com
Psicólogo voluntário HEFC

Total Page Visits: 909 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?