A respiração e os limites

Os limites numa relação interpessoal são tão essenciais como o respirar. Inspirar e expirar, sem ansiedade para buscar o ar, sem a sensação de asfixia. Essa imagem reproduz a importância dos limites, nem sempre lembrados numa relação.

Isso importa porque, no lar, no trabalho, ou nas relações de amizade, a ausência de limites pode provocar muito sofrimento, fazendo surgir a necessidade de tratamento psicoterapêutico para o autocuidado.

Muitas vezes, o organismo irá padecer de crises emocionais, podendo desenvolver doenças crônicas, porque o sujeito manteve-se em silêncio diante dos abusos sofridos por alguém de convívio. Se o sujeito não deixa limites, o outro, invade e submete.

Cuide-se!

Total Page Visits: 504 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?