Ansiedade, gestão de tempo e planejamento na vida pessoal

A ansiedade pode decorrer, entre outros motivos, de uma falta de gestão de tempo e de planejamento. É bem verdade que há situações emocionais desorganizadoras das atividades, podendo interferir até na vida profissional. Nesses casos, é necessário buscar auxílio da psicoterapia com o propósito de não provocar prejuízos no trabalho. Por exemplo, o esgotamento em razão de uma profunda questão emocional pode afetar o sono, levando ao comprometimento da memória de curto prazo e prejudicando o cumprimento dos prazos na realização das tarefas.


Há também os casos de procrastinação (autossabotagem), quando os atrasos registram prejuízos frequentes no cotidiano, conforme mencionamos em publicação anterior. No presente texto, estamos nos referindo à falta de planejamento de tarefas da vida pessoal, que prejudicam o
sentimento de autoconfiança e aumentam a ansiedade.

Assim, o planejamento de atividades, com um gerenciando adequado do tempo, propicia ver-se de maneira mais segura para o enfrentamento de atividades mais complexas, com menos ansiedade. Contudo, a administração do tempo e o planejamento somente terão sentido se assumirem um caráter de valor pessoal e reconhecendo-se como importantes aliados na elevação da autoestima.


Dr. João Palma Filho
Psicólogo – CRP 146.528

Matéria publicada no jornal Regional News

Total Page Visits: 110 - Today Page Visits: 18
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?