Encontrar-se consigo mesmo

Muitas vezes encontrar-se consigo mesmo, no silêncio, pode se tornar um tormento. As frequentes distrações do mundo externo podem favorecer um distanciamento da própria vida.

Todavia, para muitos, a pergunta persiste, interiormente: qual o sentido da vida? Uma indagação difícil de responder porquanto cada pessoa possui o seu sentido. Apoiar o sentido da vida em outra pessoa, ou em coisas, significa perder-se para o mundo externo. Nesses momentos em que o distanciamento social se impõe como necessário, talvez seja uma oportunidade para buscar esse sentido da vida. Pensar em sair do turbilhão do mundo que absorve as energia vitais. Nesse ano novo, suportar o silêncio e buscar uma resposta que favoreça as energias positivas para o mundo interno tem um significado de proteção à saúde mental e, por conseguinte, física. Alguém pode associar esse sentido a posição de destaque social ou financeiro.

No entanto, trata-se de algo bem diferente. Por exemplo, o trabalho legítimo, exercido com um sentido especial para a pessoa, se ela tem alegria na realização da atividade, há uma repercussão positiva na sua saúde mental porque ela consegue criar, desenvolver-se enquanto pessoa, independentemente das exigências para trabalhar com satisfação. Ela exerce sua atividade lançando mão do que tem de melhor dentro de si.

Esta matéria foi publicada no jornal Regional News, edição 1541.
Dr. João Palma Filho
Psicólogo – CRP 146.528

Total Page Visits: 444 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?