Impacto emocional do diagnóstico de câncer: como lidar com o medo, a ansiedade e a depressão

O diagnóstico de câncer é uma experiência profundamente emocional que pode desencadear uma gama complexa de sentimentos, incluindo medo, ansiedade e depressão. Para muitos pacientes, a notícia do câncer pode ser avassaladora, deixando-os lutando para encontrar formas de lidar com as emoções intensas que surgem.

O medo do desconhecido é uma das emoções mais comuns experimentadas por pacientes com câncer. O medo da morte, da dor, dos efeitos colaterais do tratamento e das mudanças na vida pode ser avassalador.

A ansiedade também é uma preocupação significativa, com pacientes muitas vezes preocupados com o resultado do tratamento, a progressão da doença e o impacto nas suas vidas e nas de seus entes queridos.

A depressão é outra complicação emocional comum associada ao diagnóstico de câncer. Sentimentos como tristeza, desesperança e isolamento são frequentes, especialmente quando os pacientes lidam com os desafios físicos e emocionais do tratamento.

No entanto, existem estratégias eficazes para ajudar os pacientes a enfrentar essas emoções difíceis. O apoio emocional de amigos, familiares e profissionais de saúde pode desempenhar um papel fundamental no processo de recuperação.

Além disso, a terapia de apoio, a prática de técnicas de relaxamento e o envolvimento em grupos de apoio podem oferecer suporte emocional vital durante essa jornada desafiadora.

Em última análise, reconhecer e abordar o impacto emocional do diagnóstico de câncer é essencial para promover o bem-estar global dos pacientes e ajudá-los a enfrentar essa experiência com coragem e resiliência.

Ligia Guilhermina da Silva

Psicóloga e Responsável Técnica HEFC

CRP 06/125146

Artigo publicado no jornal Fala Regional.

Total Page Visits: 496 - Today Page Visits: 2
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?