Medo

O medo é uma reação biológica natural contra algo perigoso; na situação de estresse, o corpo produz hormônios para acionar as defesas do organismo, seja para ataque ou fuga:

Dilatação das pupilas; Vasoconstrição, aumentando a pressão sanguínea; Aumento dos batimentos cardíacos; Liberação de glicose para o sangue, fornecendo energia para uso imediato; Aumento do fluxo sanguíneo para os músculos; Dilatação das vias aéreas nos pulmões; Estimulação do funcionamento do cérebro, regulando a sua atividade e funções como atenção, memória e concentração.

A reação natural ao medo é algo necessário e sadio; o mal está em criar medos em perigos imaginários, tais como na preocupação, quando o organismo todo se prepara para ataque ou fuga, mas nada acontece; só sobra o cansaço do corpo ao produzir cortisol para limpar os
hormônios (adrenalina, noradrenalina) que foram produzidos indevidamente. O corpo se prepara, fisicamente, para enfrentar algo que não é real.
A morte é uma realidade fatal, mas ficar preocupado, não ajuda em nada.

Dr. Pedro Santo Rossi
www.psirossi.com
Psicólogo voluntário HEFC

Total Page Visits: 326 - Today Page Visits: 5
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?