Permanecer no mesmo lugar é também uma opção de escolha

 Hoje vamos fazer uma reflexão sobre o quanto podemos estar realizando uma auto cobrança desnecessária, quando surgem momentos que devemos tomar alguma decisão, escolher uma coisa ou outra, partir ou ficar. Dai vem uma ansiedade composta por medo e receio de errar, receio de realizar a escolha errada e de não perceber o caminho certo. Essa pressão muitas vezes vem do ambiente externo que estamos inseridos, somos convidados a tomar decisões ligadas a vontade do outro, aquilo que o amigo, familiar, conhecidos acreditam que será bom para nós. Diante disso, nos vemos em uma repleta confusão entre a nossa vontade e a vontade do outro e na maioria das vezes elas se tornam uma só, não conseguimos diferenciar o que é nosso e o que é do outro.

Junto a toda essa demanda emocional vem a infelicidade de estarmos realizando algo longe da liberdade de escolha, então olhar para tudo isso e ter a certeza de que cada pessoa possui seu momento de decisões e escolhas e muitas vezes permanecer no mesmo lugar é também escolher e não se ausentar da decisão.

Sendo assim, não tenhamos pressa ou ansiedade para decidir e tomar as nossas próprias decisões. Vamos seguir o nosso tempo que nos leva ao desprendimento conforme aquilo que somos e que queremos diante das situações diversas da vida. Calar-se também não é o correto, pois as angústias se acumularão em nosso interior e quem irá responder a esse silêncio será o nosso físico, em forma de doenças ou dores.

O importante é nos colocarmos com nossas opiniões e sem correria, tudo dentro do seu tempo, do nosso tempo e de acordo com a nossa vontade. Pensem nisso!

Ligia Guilhermina da Silva

Psicóloga e Responsável Técnica no HEFC

CRP 06/125146

Total Page Visits: 812 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?