Vitimização

– Tudo eu, tudo eu!

Já viram isso em algum lugar? É a pessoa que se faz de vítima, geralmente totalmente sem importância para ninguém, mas que acha que todo mundo está fazendo um complô contra ela, somente contra ela.

A maioria das pessoas que se fazem de vítima, não têm importância nenhuma para ninguém. Poucos, na verdade, pensam alguma coisa sobre essa pessoa, que se acha tão prejudicada pelo mundo. É uma fantasia egóica, como dizem os jovens de hoje: está se achando!

É a falta de qualquer importância que faz surgir o sentimento de perseguição, somente uma ilusão para enganar a própria insignificância. Pouca gente tem alguma importância para os outros, uma triste verdade para quem se acha a grande vítima e acredita que todos vão sentir a sua ausência, ledo engano.

Percebemos, na terapia, que quando a pessoa deixa de se preocupar com os outros e passa a organizar a própria cabeça, descobre um ser que merece mais atenção, descobre a si mesmo, melhora seus pensamentos, reorganiza a própria vida.

Dr. Pedro Santo Rossi, psicólogo, www.psirossi.com

Psicólogo voluntário HEFC

Texto publicado no jornal Regional News.

Total Page Visits: 571 - Today Page Visits: 1
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Open chat
1
Olá! Agradecemos por estar aqui. Como podemos te ajudar?